Please enter your e-mail address. We will send your password immediately.

tenho compartilhado aqui no IGTV e @estadao conversas com pensadores de vanguarda que possam, de alguma forma, jogar luz no debate atual e inspirar os caminhos pós-pandemia. Variadas sinapses sobre educação, tecnologia, ciência, saúde, desigualdade social e sustentabilidade, entre tantos outros. Pouco falamos sobre política, especialmente de eleições. Isso porque tem ficado claro que a politização mais pedestre da discussão sobre a maior crise de saúde vivida pela humanidade nos últimos 100 anos acaba gerando apenas disfuncionalidade, distorção e, infelizmente, mais mortes. Hoje resolvi abrir uma exceção. A conversa de hoje é com @fareedzakaria, indiano naturalizado norte-americano, professor de relações internacionais na Universidade de Harvard, autor de inúmeros best-sellers, como o recém-lançado “10 Lições Para o Mundo Pós-Pandemia, editor da “NewsWeek Internacional”, colunista do “Washigton Post” e principal analista de política externa da CNN International. Da sua casa em Nova York, este hábil observador da conjuntura faz um alerta tão singular quanto preocupante: a vitória do democrata Joe Biden, por mais eletrizante e catártica, não ofusca as violentas e diversas iniciativas para interromper a votação, suprimir votos, impedir a contagem de cédulas, constranger apuradores e manipular tribunais —um pacote sabotador que Zakaria chama de apoteose das “democracias iliberais”.